Este blog foi criado na disciplina de Área de Projecto da turma do 8ºA e pretende falar sobre algumas especies em perigo de extinção.

13
Out 09

 

 

 

 

 

    Os cachalotes podem ser encontrados em todos os oceanos do mundo, evitando contudo as águas mais frias, junto dos círculos polares. odos. A base da alimentação destas bal


Prefere águas profundas e límpidas, já que

nos seus mergulhos em busca de comida gosta de descer a grandes profundidades por longos perí

eias são os cefalópodes, principalmente lulas, polvos e chocos, e ocasionalmente peixes. Está, desde meados dos anos 90, em e

stado cons

iderado vulnerável. 
    A gestação nos animais desta espécie dura cerca de 540 dias, 18 meses, findos os quais nasce uma cria. Os cachalotes macho podem atingir os 18 a 20 metros e pesar até 70 toneladas, as fêmeas raramente ultrapassam os 12 metros e podem pesar até 40 toneladas. Os animais desta espécie podem viver até perto dos 80 anos.
 

 

  

Sabias que: -O Cachalote é a única fonte mundial de âmbar cinzento, uma matéria básica para a indústria de perfumes caros. Eles alimentam-se de lulas gigantes, que engolem inteiras. No entanto, não conseguem digerir os bicos duros da lula, que permanecem nos seus aparelhos digestivos, produzindo uma substância

escura e fétida - o âmbar cinzento - que é a melhor substância conhecida para conservar o aroma dos perfumes. Os cachalotes expelem frequentemente esta substância que pode, assim, ser encontrada a boiar no mar. É por ser tão rara que tem um preço tão elevado.
 

 

 

 

Cachalote a ser Resgatado.

publicado por Simao às 18:17

 

 

    A baleia-azul pode ser encontrada em todos os oceanos do planeta, embora faça migrações sazonais para fugir a águas mais quentes, já que a sua preferência vai para as águas mais frias e ricas em alimento. A base da alimentação da baleia-azul é o Krill, pequeno crustáceo parecido com o camarão com poucos centímetros de comprimento. Uma baleia adulta desta espécie pode ingerir mais de 3 toneladas deste alimento por dia.
    Em perigo. Estima-se que possam haver no máximo 6000 destes mamíferos na globalidade do planeta. 
    A causa destes números tão baixos foi a caça que lhe foi movida a partir da segunda metade do século XIX e até aos anos 60 do século XX. Durante este período podem ter sido caçadas 350.000 baleias-azuis.
Neste momento a espécie é protegida e proibida a sua caça por quase todos os países do mundo. As baleias-azuis atingem a maturidade sexual por volta dos 7/8 anos. A gestação destes ani
mais dura cerca de 12 meses, findos os quais nasce uma cria com 7 ou 8 metros e mais de 2 toneladas. O tamanho máximo encontrado foi de cerca de 33 metros, sendo que a grande maioria ronda os 25/30 e podem pesar até 130.000 kg . São os maiores e mais pesados animais da terra. A Baleia-Azul vive um tempo estimado entre 80 e 90 anos.

 

 

Sabias que: -A maior baleia até hoje caçada foi uma baleia-azul fêmea, que media 34 metros de comprimento e pesava em torno de 170 toneladas?

publicado por Simao às 18:02

 

 

     O Lince-Ibérico também conhecido por Cerval, lobo-cerval, gato-cerval, gato-cravo ou gato-lince. Esta espécie só se encontra na Península Ibérica, Portugal e Espanha.
    Em Portugal esta espécie está prestes a ficar extinta. E este pro
destes animais, acabou definitivamente por criar o vazio em que agora se encontra. O facto de os poucos animais existentes estarem dispersos por um longo território, leva a

blema parece não ter retrocesso, tal é o ponto em que se encontra a situação desta espécie. A sua distribuição geográfica faz-se por pequenos grupos a viver no Algarve, Vale do Guadiana, Serra de São Mamede, Vale do Sado e Serra da Malcata.
    O lince ibérico é o carnívoro mais ameaçado da Europa eo felídeo mais ameaçado do mundo, e tudo isto acontece em Portugal, sem que haja verdadeiramente um plano de acção, nem verbas que permitam inverter esta tendência.
    Ac

tualmente, está reduzido a uma população que se resume a cerca de 30/40 animais, no máximo, a viver em liberdade. O homem foi o principal responsável por este desaparecimento, devido à caça que lhe deu durante o último século. O desaparecimento do habitat natural destes animais também foi acontecendo, não tendo sido, ao longo dos anos, minimamente salvaguardado pelas autoridades responsáveis.
    Por último, a doença hemorragica viral, que dizimou as grandes populações de coelhos bravos, que eram o principal alim

ento

 que não haja reprodução, e que o fim destes felídeos esteja próximo em território português.

   

    Com o desaparecimento anunciado do lince ibérico, o territírio nacional deixa de contar com a presença de grandes felinos.

 

 

 

 Sabias que: -O lince-ibérico é actualmente considerado o felino mais ameaçado do mundo?

Reportagem sobre o Lince-Iberico na Reserva Natural da Serra da Malcata.

publicado por Simao às 16:38

Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
16
17

18
20
21
22
23
24

25
27
28
29
30
31


subscrever feeds
arquivos
2010

2009

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO